Páginas

:)

14 fevereiro, 2012

($) Previdência Complementar

Fonte: AA40


Introdução


Não confie em ninguém.

Como nenhuma pessoa jurídica é mais confiável que eu mesmo, prefiro não colocar mais dinheiro do que sou obrigado em sistema ou fundos de previdência, seja ele público ou privado.

Ao contrário do que alguns possam pensar, fundos de previdência públicos não são mais confiáveis que fundos de previdência privada: pode haver fraude em ambos, basta lembrar dos finados fundos de previdência da Varig (fundo privado) e dos Correios (fundo público).

Todo mês, meu salário é descontado para a previdência. Como é um desconto obrigatório, não posso fazer nada - faz parte do jogo. Por outro lado não farei nada para aumentar tal desconto, pois não dá pra confiar no Estado.


Exceções à Regra

Em todo mercado, há sempre uma minoria com acesso a regras diferenciadas e mais benéficas. 

Há pessoas que recebem um incentivo financeiro de seu empregador que simplesmente torna irresistível aplicar uma parte de seus ganhos em um fundos de previdência complementar e depois ainda tem opção de fazer algum tipo de portabilidade ou simplesmente sacar o dinheiro antes da aposentadoria.

Como cada caso é um caso e esse não é meu caso, não posso falar nada a respeito disso.


Uma possível solução 


Conforme a imagem que abre esse post, escolhi criar uma carteira diversificada de investimentos, alimentando-a pelas próximas décadas com o dinheiro que me sobra para devorá-la aos poucos quando de minha aposentadoria.

Isso se eu estiver vivo até lá.

Conclusão


Se eu não morrer nos próximos 30-40 anos, talvez funcione.

Grande abraço!

___________________________________________________________