Páginas

:)

12 junho, 2021

[Palestra] A Consolação da Filosofia de Boécio (2010)/José Monir Nasser

   


 

Introdução


Mais uma grande palestra sobre um grande livro.


"Escrita na prisão por um condenado à morte, essa obra latina do século VI não deve nada, ou deve muito pouco, às circunstâncias "trágicas" de sua composição. Trata-se de uma obra-prima da literatura e do pensamento europeu; ela se basta, e teria o mesmo valor se ignorássemos tudo a respeito daquele que a concebeu entre duas sessões de tortura, à espera de uma execução. Mas, dado que essa obra-prima não é anônima, nada perde por ter um autor e ser situada em suas circunstâncias, torna-se também, assim, o testemunho da grandeza à qual um homem pode elevar-se pelo pensamento em face da tirania e da morte."(Amazon)


Trecho Destacado


  as musas inspiravam Boécio a reclamar da vida e a se lastimar... quem deixou estas fulaninhas entrar aqui? Ela, a filosofia é quem tem autoridade para curar aquele doente – Boécio está sofrendo esta tensão: está ao mesmo tempo desolado e disposto a entender.

  é muito mais que uma consolação = é uma cura pela filosofia

   Ortega e Gasset diz que o maior projeto que um sujeito pode ter é o de ser um gentleman → significa lidar com serenidade, bom humor, e generosidade mesmo estando em desgraça – o gentleman vive acima do patamar da Fortuna – ele não se deixa iludir nem hipnotizar pela parte boa (portanto não é exibicionista nem esbanjador quando ganha na loteria) nem se lamenta quando perde o dinheiro... lida com as duas situações com a mesma naturalidade

quem se submete à Fortuna é um animalzinho selvagem – a contingência estabelece a sua própria vida nós somos humanos e devemos criar um projeto acima disso

como esquecer das glórias do passado – alguém chegou a uma idade e está impotente, é preciso se lembrar de quantas vezes não esteve impotente; doente que se lembre de quando tinha saúde, e assim por diante.


Obras Mencionadas




  • Livro: O Trivium: As artes liberais da lógica, da gramática e da retórica - Miriam Joseph
Romance por Jean-Paul Sartre



Livro: O Mito de Sísifo, 
de Albert Camus



Conclusão


"Há muitas maneiras pelas quais nós temos acesso a conhecer as coisas tais como elas são, mesmo que essas coisas tais como elas são sejam enigmáticas, e que não se possa saber muito delas a não ser a definição do enigma. O enigma pode ser definido, embora eu não consiga decifrá-lo, em última análise. Definir o enigma já é uma grande coisa. Pra começar a ler filosofia, Boécio é o melhor caminho. "


Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!

_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml

10 comentários:

  1. Olá, Scant.
    Conhecer mais sobre Patrística e Escolástica é algo que, dentro do possível, tento fazer há anos e anos. Mudou minha concepção sobre Igreja, Idade Média etc.
    Nasser, salvo engano, conheci no Mídia Sem Máscaras, como exímio analista de guerra cultural como estamos fodidos neste campo.
    Nunca consegui gostar de Camus. Talvez um dia tente reler algo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Eu sei que é um projeto seu ler os clássicos da literatura, mas parece já estar no nível hard. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nível iniciante
      nível hard daqui a uns 20 anos

      abs!

      Excluir
  3. Scant, você é um cara aparentemente de boa cultura geral, Lê sobre vários assuntos etc.
    Pelo que já li acho que você deve ter em torno de 40 anos (não precisa falar idade se não quiser) e é servidor público.
    Você não se sente de certa forma estagnado? Não tem vontade de fazer algo diferente, buscar novos objetivos?

    Pergunto isso, porque conheço caras com 40 a 42 anos de idade que tem sueus empregos, mas estão fazendo novas atividades como: Cursar uma segunda faculdade ou empreender. Eu sou um pouco mais novo mas vejo isso como algo a ser considerado e quero fechar um ciclo em 2021.
    Desde que tenhamos saúde trablharemos provavelmente por mais um bom perído de tempo, talvez essas mudanças sejam positivas pra nos menter motivados e ativos.
    Ainda mais quem é servidor público de alguns órgãos onde o trabalhos é meramente repetitivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Cursar uma segunda faculdade" - pensei nisso, mas a faculdade virou a burocratização do conhecimento. com força de vontade, alguém consegue aprender estudando sozinho por duas horas por seis meses por dia mais que alguém em 6 meses de faculdade gastando 4 a 6 horas por dia

      já sou formado em direito, não vou conseguir ganhar mais dinheiro mudando de área. vou conseguir trabalhar mais e ganhar o mesmo

      "ou empreender." trabalhar mais, ganhar mais dinheiro, sofrer muito estresse, talvez acabar com meu casamento para ter que casar de novo, pagar pensão para a primeira mulher e conseguir o mesmo padrão pagando com minha saúde. existem custos embutidos. se eu ganhasse o dobro de dinheiro, minha vida não ia mudar muito em termos de qualidade no momento

      "trabalhos é meramente repetitivo." o tédio é o preço da paz. há muito emoção na guerra, mas pouca paz.

      "Não tem vontade de fazer algo diferente, buscar novos objetivos?" - tenho, mas não compensa e prefiro não perder tempo buscando ilusões

      abs!

      Excluir
    2. Ok, Scant. Entendo seus pontos, também sou acostumado com uma vida mais previsível e básica.
      Mas em alguns momentos reflito sobre essas possibilidades, faz parte também. É o fato de ser acostumado com o básico que faz com que não faça outras coisas, por um lado é bom, por outro ruim.
      Esse ano as coisas ainda foram e serão mais lentas pela Pandemia. Mas creio que em 2022 a vida volte mais próximo ao normal em todos os sentidos, quam sabe aí eu desengavete alguma coisa.
      De tudo que você citou o casamento que no seu caso parece ser bem sucedido é o que vale mais a pena manter. Conseguir um bom relacionamento não é tarefa das mais fáceis, portanto se você já tem, tem mais é que conservar mesmo, ainda mais no seu caso que ganha bem e tem profissão com certo status devem aparecer oportunidades de relações casuais e nesses momentos o cara tem que ter a cebeça no lugar para não arrumar confusão por causa de mulher.`
      Fora isso é manter no piloto automático.

      Excluir
    3. "aparecer oportunidades de relações casuais e nesses momentos o cara tem que ter a cebeça no lugar para não arrumar confusão por causa de mulher." - eu não resistiria a uma tentação dessas. duvido que um cara normal aguentasse. a abstenção é mais fácil de manter que a moderação

      o que a maioria das pessoas não entende é: o que elas realmente estão buscando? por isso, tem muita gente perdida por aí que acaba na mão de médicos, psicólogos, pastores etc.; seja para bem, seja para mal

      Excluir
    4. "o que elas realmente estão buscando?"
      Na maioria das vezes estão buscando coisas como: Validação do ego (se sentir desejada), Vingança(contra Conjuge) ou simplesmente a adrenalina de uma relação sem compromisso.
      Dificilmente querem algo além disso.

      Excluir